compartilhe
Caio Fernando Abreu.  (via velejo)
Tenho sentido coisas inexplicáveis, carências incuráveis. Ninguém acredita, mas eu sou uma pessoa muito sozinha. Não pense que isso é ruim não, porque ruim é não sentir nada, a solidão faz parte. Tenho sentido uma vontade sobrenatural de ligar para alguém que já não me atenderia mais, tenho vontade de dizer que faz falta o que não vivi.
compartilhe
Martha Medeiros.  (via capitule)
Bonitas mesmo somos quando ninguém está nos vendo, atirada no sofá, com uma calça de ficar em casa, uma blusa faltando um botão, as pernas enroscadas uma na outra, o cabelo caindo de qualquer jeito pelo ombro, nenhuma preocupação se o batom resistiu ou não à longa passagem do dia. Um livro nas mãos, o olhar perdido dentro de tantas palavras, um ar de descoberta no rosto, linda.
compartilhe

eu c sono: n to entendendo nd, mas to conversando

Meu silêncio te acomoda.
compartilhe
Gramaticas.  (via gramaticas)
Estou sempre por perto, mesmo quando você me quer longe, posso não estar com você, mas irei cumprir a promessa de sempre estar te cuidando.
compartilhe
Gramaticas.  (via gramaticas)
Se você prestar atenção nas palavras de músicas favoritas de uma pessoa, você vai descobrir tudo o que ela não tem coragem de dizer.
compartilhe
Marcos Filipe (via gramaticas)
Odeio metades. Café pela metade, amigos pela metade, sono pela metade, dinheiro pela metade, amor? Nem se fale. A única metade boa anda por aí. Só não sei quando, nem se vou encontra-lá.
compartilhe
Gramaticas.  (via gramaticas)
E daí? Foi apenas mais uma decepção amorosa para a minha coleção.
ev